História do Carnaval de BH

O Carnaval de Belo Horizonte começou durante a sua construção. Em 1897, alguns meses antes da inauguração da cidade, os operários que trabalhavam nas obras desfilaram fantasiados em carros pela região da Praça da Liberdade.

No final da década de 40, iniciaram-se as batalhas de confetes e os bailes populares. É dessa época, o surgimento dos blocos caricatos e logo depois das escolas de samba.

Em 1980, o Decreto Municipal nº. 3.676/1980 oficializou o Carnaval de Belo Horizonte.O primeiro desfile foi realizado na Avenida Afonso Pena, local usado até 1990, quando a Prefeitura passou a promover somente bailes populares de Carnaval.

De lá para cá, os desfiles do Carnaval de BH já foram realizados na Avenida do Contorno; Via 240, no Bairro Novo Aarão Reis e na Avenida dos Andradas. Em 2014, o desfile das Escolas de Samba e Blocos Caricatos retornou para a Avenida Afonso Pena, local onde também aconteceram os desfiles em 2015.

Linha cronológica:

1897 – Foliões fazem o Carnaval em BH, antes mesmo de sua inauguração
Década de 1910 – Começa o desfile das grandes sociedades, que saíam com os carros alegóricos – na verdade caminhões – pela cidade
Década de 1930 – A Escola de Samba Pedreira Unida, formada por moradores da Pedreira Prado Lopes, é a primeira agremiação a desfilar em BH
1975 – Banda Mole faz sua estreia no Carnaval
1980 – Escolas de Samba e blocos caricatos saem pela primeira vez na Avenida Afonso Pena. Desfile oficial do Carnaval foi instituído pelo Decreto Municipal 3.676
1990 – Blocos caricatos e escolas de samba desfilam pela última vez na Avenida Afonso Pena
2004  Desfile das Escolas de Samba é transferido para a Via 240, na região Norte
2010 –  Movimentos de Blocos de Rua começam a surgir pela cidade
2011 – Desfile das escolas de samba é transferido para o Boulevard Arrudas, na região Centro-Sul
2013 – Blocos de Ruas atraem grande números de foliões, em especial na região central e no bairro Santa Tereza
2014 – O desfile das Escolas de Samba e Blocos Caricatos volta para a Avenida Afonso Pena depois de 24 anos sendo realizado em outros locais. Blocos de rua levam uma multidão de foliões para todas as regiões da cidade.
2015 – Com mais de 1 milhão de pessoas nas ruas, o carnaval de 2015 entrou para a história da capital mineira quanto ao número de público. Foram mais de 200 blocos animando a festa em vários pontos da cidade; nove blocos caricatos e seis escolas de samba desfilaram na avenida Afonso Pena.

 

Corso

Ano: 1974

Ano: 1977

Ano: 1978

Ano: 1979

Ano: 1980

Ano: 1984

Ano: 1988

Ano: 1994

Ano: 2012

Ano: 2013

Ano: 2014